Setor de construção é apontado como o detentor do maior valor de mercado das empresas listadas na Bovespa, com o registro de R$ 22 bilhões em abril

Brasil Econômico

Índice da Bovespa (Ibovespa)  registra queda de 0,7%, enquanto que no mês acumula queda de 4,88% e alta de 5,28% no ano
iStock
Índice da Bovespa (Ibovespa) registra queda de 0,7%, enquanto que no mês acumula queda de 4,88% e alta de 5,28% no ano

Na quarta-feira (19), a BM&F Bovespa, ou a nova B3, registrou resultados negativos devido ao ritmo avançado das reformas do governo e ao decréscimo significativo dos preços de petróleo no mercado internacional. Desse modo, o índice da Bolsa de Valores de São Paulo – Ibovespa –  apresentou queda de 1,17%, indo para 63.406 pontos.

Leia também: Veja 10 expressões que te ajudarão a entender o mercado financeiro

Vale lembrar que durante a semana, o índice da Bovespa caiu 0,7%, enquanto que no mês acumula queda de 4,88% e alta de 5,28% no ano. Já na semana passada, a baixa de 0,27% no índice foi ocasionada pela queda nas ações da Vale diante dos recuos no preço do minério de ferro na China.

Resultados anteriores

Por outro lado, um levantamento da Economatica evidenciou uma alta de 6,4% no valor de mercado da B3 nesses primeiros meses de 2017. Entre os 25 setores avaliados, apenas cinco registraram queda.

Até o dia 17 de abril, construção foi apontado como o setor com maior crescimento percentual de valor de mercado, com 31,86%. Detendo 19 empresas, o valor obtido foi o de R$ 22 bilhões, ante os R$ 16,7 bilhões de dezembro de 2016. 

Leia também:  Spotify lança promoção para estudantes, dando 50% de desconto no serviço premium

Em relação às retrações, o setor de papel e celulose foi o de maior destaque, com a queda de 16,01%, causada por quatro empresas. Com isso, o setor perdeu cerca de R$ 8,38 bilhões de valor de mercado no período.

Setor de construção 

Ainda em relação ao setor de construção e edifícios residências, a empresa americana Horton D R Inc ocupa a primeira posição na lista das 25 maiores empresas por valor de mercado da América Latina e USA, com US$ 12,75 bilhões.

Já a MRV aparece como a maior empresa da América Latina, com US$ 2,20 bilhões, sendo considerada a12ª maior empresa por valor de mercado da América Latina e EUA.

Entre as 25 maiores empresas do setor por valor de mercado listadas em bolsas de valores, inclusive na Bovespa, nove são instituições latinas, sendo três brasileiras, duas mexicanas, duas chilenas, uma da Argentina, uma do Peru e uma da Colômbia.

Leia também: Consumidor está otimista em relação à inflação para os próximos meses, diz CNI

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.