Profissionais de redação e produtores de vídeo costumam ser muito procurados por quem deseja contratar profissionais freelancer

Brasil Econômico

Desenvolvedores de aplicativos estão entre profissionais freelancer mais procurados do mercado
shutterstock
Desenvolvedores de aplicativos estão entre profissionais freelancer mais procurados do mercado

Quando começa um novo ano, as pessoas costumam se planejar e definir objetivos para melhorar a vida pessoal e a carreira. Em 2017, o trabalho de freelancer surge como uma excelente opção para quem deseja usar suas habilidades para ganhar um dinheiro extra.

LEIA MAIS: Situação do mercado é maior barreira para jovens à procura do primeiro emprego

Pensando nisso, o Freelancer.com, maior plataforma de freelancer e crowdsourcing do mundo, organizou uma lista com os profissionais mais procurados pelas empresas. Veja alguns deles e conheça casos de sucesso de pessoas ao redor do planeta: 

1) Redação e conteúdo

Os profissionais de redação e conteúdo costumam ser muito procurados para trabalhos esporádicos. O blogueiro Reginald Chan, que tem trabalhos publicados em várias publicações online, incluindo o The Huffington Post, Yahoo! Small Business, e no blog da Universidade de Harvard, começou a trabalhar como autônomo, o que lhe permitiu complementar a renda, paralelo a seu trabalho em um hotel.

"Em média, eu consigo obter em torno de um projeto por dia, e com o Freelancer.com eu estou sempre ocupado. Amo isso”, conta Reginald. O blogueiro comenta ainda que agora faz planos por um sonho maior, criar um curso online para dar dicas para freelancers e blogueiros, para que possam ter sucesso assim como ele.

LEIA MAIS: Processos trabalhistas são impulsionados por demissões mal conduzidas no Brasil

2) Desenvolvimento de aplicativos

O caso de Muhammad Mushtaq Magri mostra como um desenvolvedor de software pode se dar bem trabalhando neste modelo. Antes de começar a atuar como autônomo, Magri morava de aluguel. Dois anos depois, conquistou casa própria, carro e fez investimentos imobiliários, além de dirigir uma pequena empresa de software no Paquistão. “Quando eu comecei a trabalhar como freelancer, senti que este era o caminho para tornar meu sonho em realidade, e se realizou”, conta Muhammad.

3) User Interface Design

Os designers também costumam ser muito procurados. Leandro Rodrigues, profissional brasileiro da área, ainda estava em seu trabalho, quando se inscreveu para trabalhar de maneira autônoma. Eventualmente, a demanda por seus serviços aumentou e ele decidiu optar por se dedicar ao trabalho autônomo em tempo inteiro, conquistando o sonho de ser próprio patrão. “ Hoje, eu tenho maior flexibilidade para fazer outras coisas e, claro, sou meu próprio chefe”, afirma Leandro.

4) Análise de dados e estatísticas

Pichart Yapa, da Tailândia, pensava no futuro, Pichart decidiu que não queria ser funcionário de escritório para o resto de sua carreira, então tornou-se um profissional autônomo. Pichart é um desenvolvedor de Microsoft Excel, com experiência em ins e outs de análise de dados para inovação de vendas.Combinado sua competência em todos os assuntos envolvendo Microsoft Excel e Visual Basic (VBA), ele começou uma nova carreira. “Quero poder me aposentar cedo para passar mais tempo de qualidade com a minha família. Algum dia eu quero ser o escolhido, não a escolha ", disse Pichart.

5) Produtor de vídeo

Os produtores de vídeo também entram na lista de profissionais mais procurados. A produtora argentina Muriel Rebora queria maior flexibilidade e a opção de escolher quais projetos gostaria de trabalhar durante sua carreira, razão pela qual ela escolheu ser autônoma. Depois de começar, conquistou cada vez mais clientes e agora até começou a promover-se como sua própria marca.

LEIA MAIS: Apenas 17% da população guarda recursos  para aposentadoria, diz pesquisa

“Trabalhar é muito mais divertido e não há rotina, além de me fazer sentir parte do mundo inteiro, porque eu comecei a interagir e a colaborar com pessoas de todo o mundo. Eu também estou recebendo não só uma experiência mais gratificante, mas uma melhor remuneração, em torno de três vezes o que eu costumava ganhar ", disse Mariel sobre o trabalho como freelancer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.