Aos 30 anos, britânicos criam e vendem app por US$ 250 milhões

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Os idealizadores do aplicativo SwiftKey contam sobre o início da empresa e o negócio milionário com a Microsoft

Jon Reynolds, 30 anos, fundou empresa com colega quando ainda estudava em Cambridge
Reprodução/Twitter
Jon Reynolds, 30 anos, fundou empresa com colega quando ainda estudava em Cambridge

Jon Reynolds, 30 anos, e Bem Medlock, 36 anos, estavam ainda na Universidade de Cambridge quando criaram um aplicativo para teclados de celular que usa a inteligência artificial para adaptar a escrita do telefone de maneira personalizada. Na época, eles tiveram a inspiração ao observar amigos teclando nos aparelhos telefônicos e as dificuldades mais comuns entre eles, como o tempo gasto para isso.

Segundo o Daily Mail, foi assim que teve início o aplicativo SwiftKey, que, desde o início de seu funcionamento, “economizou” quase 10 trilhões de teclas digitadas em 100 idiomas diferentes. Recentemente, a Microsoft teria comprado o aplicativo por nada menos de US$ 250 milhões.

Empreendedores britânicos foram premiados em R$ 80 mil pelo governo do Reino Unido
Reprodução/Twitter
Empreendedores britânicos foram premiados em R$ 80 mil pelo governo do Reino Unido

Os empreendedores britânicos foram premiados em R$ 80 mil pelo governo do Reino Unido, por meio do programa “Innovate”, que apoia empresários da Ciência e Tecnologia. Ademais, os dois receberam uma quantia de R$ 15 mil para desenvolver o protótipo. Eles deixaram suas carreiras em 2008 para trabalhar no projeto.

Atualmente, SwiftKey é um aplicativo gratuito, usado por mais de 300 milhões de pessoas. Uma especial: a tecnologia já faz parte do sistema de comunicação de Stephen Hawking.  Ainda de acordo com o site, a Microsoft planeja integrar a tecnologia SwiftKey no teclado em seus sistemas operativos Windows.

 

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas