Carga de energia gerada no Brasil teve queda de 5,7% em janeiro

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Levantamento faz comparação com o mesmo período no ano de 2015. Em relação a dezembro, houve crescimento de 0,5%

Agência Brasil

Temperaturas mais amenas no Sudeste e Centro-Oeste influenciou queda da necessidade de geração de energia
Agência Brasil
Temperaturas mais amenas no Sudeste e Centro-Oeste influenciou queda da necessidade de geração de energia


A carga de energia gerada no Sistema Interligado Nacional (SIN) chegou a 65.608 megawatts-médios (MWmédios) em janeiro deste ano – queda de 5,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados, do Boletim de Carga Mensal do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), foram divulgados nesta sexta-feira. De acordo com o levantamento do ONS, no entanto, houve um crescimento de 0,5% em relação a dezembro de 2015.

Segundo o ONS, as temperaturas mais amenas nas regiões Sudeste e Centro-Oeste e o baixo desempenho da atividade econômica provocaram a queda da necessidade de geração de energia em relação a janeiro do ano passado. Além disso, a elevação das tarifas de energia elétrica contribuíram para queda na demanda.

Entre os quatro subsistemas do SIN, a maior queda na geração de energia foi observada no principal subsistema, o Sudeste/Centro-Oeste, com recuo de 7,3% na comparação de janeiro deste ano com o mesmo período do ano passado. Também tiveram quedas os subsistemas Nordeste (-6,1%) e Sul (-4,4%). O Norte foi o único com aumento da carga de energia: 4,3%.

Leia tudo sobre: Energia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas