Varejo em São Paulo tem perda de 18,4% nas vendas em janeiro

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

No acumulado do ano passado, varejo paulistano teve recuos de 17,7% nas transações a prazo e de 19,1% nas vendas à vista

O comercio varejista de cidade de São Paulo registrou queda média de 18,4% no movimento das vendas em janeiro na comparação com o mesmo mês de 2014. O número faz parte do balanço divulgado nesta segunda-feira (1) pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Vendas à vista registraram, em média, queda maior que pagamentos a prazo
DENILTON DIAS / O TEMPO
Vendas à vista registraram, em média, queda maior que pagamentos a prazo

Frente a dezembro – o melhor mês para o comércio varejista – as vendas no varejo sofreram influência sazonal e tiveram queda de 39,1%. “São vários os fatores que têm prejudicado o varejo, mas é importante destacar a crise política e institucional, que magnifica os efeitos da economia e derruba, cada vez mais, a confiança do consumidor e do empresário”, analisa o presidente da ACSP, Alencar Burti.

No acumulado do ano passado, houve recuos de 17,7% nas transações a prazo e de 19,1% nas vendas à vista. É importante destacar que janeiro de 2016 teve um dia útil a menos em relação a janeiro de 2015 e a dezembro de 2015, o que também contribuiu para quedas acentuadas das vendas. 

De acordo com a análise da ACSP, o desempenho das vendas a prazo foi influenciado pelo aumento dos juros, pela restrição ao crédito e pela queda da confiança, além da alta do dólar, impactando os produtos importados ou confeccionados a partir de componentes comprados de fora. 

Leia tudo sobre: varejocomércioSão Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas