Faturamento da indústria cai 8,8% em 2015

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Indicadores industriais mostram que as horas trabalhadas no setor tiveram​ ​queda de 10,3% e emprego recuou 6,1% no ano

O faturamento da indústria diminuiu 8,8% em 2015, informou a pesquisa Indicadores Industriais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta segunda-feira (1). A taxa é de faturamento real, já descontada a inflação acumulada do ano passada, de 10,64% (IBGE).

Índices de emprego e de horas trabalhadas tiveram, em dezembro, a 11ª queda consecutiva
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Índices de emprego e de horas trabalhadas tiveram, em dezembro, a 11ª queda consecutiva

A intensificação da crise econômica, que penalizou bastante a indústria de transformação, fez também com que as horas trabalhadas apresentassem queda de 10,3% e o emprego caísse 6,1% no período na comparação com 2014.

Além disso, a utilização de capacidade instalada de 2015 foi de 78,9%, ou seja, 2,3 pontos percentuais menor do que a média de 2014. A massa salarial real caiu 6,2% e o rendimento médio real dos trabalhadores da indústria recuou 0,1% em 2015 frente a 2014.

Dezembro 

Em dezembro, os índices de emprego e de horas trabalhadas tiveram queda pelo 11º mês consecutivo. Enquanto o emprego retraiu 0,2% na comparação com novembro, na série livre de efeitos sazonais, as horas trabalhadas reduziram 0,9% no período. Já o faturamento ficou 0,6% abaixo do registrado em novembro.

Conforme a pesquisa, embora a utilização da capacidade instalada tenha crescido 0,2 ponto percentual em dezembro frente a novembro, a ociosidade na indústria continuou elevada. O setor operou, em média, com apenas 77,5% da capacidade instalada na série sem influências sazonais.

A massa salarial diminuiu 0,2% em dezembro frente a novembro, na série dessazonalizada. Já o rendimento do trabalhador cresceu 0,8% na mesma comparação.

Leia tudo sobre: indústriaquedafaturamento2015crise

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas