Anvisa proíbe venda de medicamento importado contra disfunção erétil

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Agência disse que o medicamento não tem registro e autorização para ser comercializado e divulgado no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) do proibiu a importação, distribuição, comercialização e uso do medicamento Tadapox. Importado, o remédio tem na composição os componentes dapoxetina e tadalafil, e é usado no tratamento de disfunção erétil.

Remédio tem na composição elementos que prometem o combate à disfunção erétil
Reprodução de Internet
Remédio tem na composição elementos que prometem o combate à disfunção erétil

O produto não tem registro na agência e, portanto, estava sendo vendido irregularmente. O site www.farmarciabrasil.com.br foi proibido de divulgar o Tadapox, que terá todas as unidades disponíveis no mercado recolhidas e unitilizadas.

A medida foi publicada na edição desta quinta-feira (14) do Diário Oficial da União (DOU), e tem validade imediata.

Leia tudo sobre: anvisaremédiodisfunção erétilproibiçãovenda

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas