Índice teve uma variação de 1,18% no mês; acumulado no ano atingiu 10,71%, também o resultado mais elevado desde 2002

O grupo de alimentação e bebidas apresentou a maior alta, com 2,02%
Tânia Rego/Agência Brasil - 8.10.2014
O grupo de alimentação e bebidas apresentou a maior alta, com 2,02%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que funciona como prévia da inflação, apresentou uma variação de 1,18% em dezembro e ficou 0,33 ponto percentual (p.p.) acima da taxa percebida em novembro. Essa foi a maior taxa para um mês de dezembro desde 2002. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (18).

O acumulado do IPCA-15 fechou o ano em 10,71%, sendo esse também o maior resultado registrado pelo índice desde 2002. Em dezembro de 2014, o índice havia registrado 0,79% e o acumulado fechou o ano em 6,46%.

O grupo de alimentação e bebidas apresentou a maior alta, com 2,02%. Os transportes tiveram um aumento de 1,76%. Os dois grupos foram resposáveis por 69% do índice. Alimentos e bebidas apresentaram a maior variação de preços na cidade Goiânia. Em São Paulo, a alta foi menor do que nas demais regiões, sendo de 1,46%.

A cebola foi o produto que apresentou o maior aumento de preço (26,28%). Outros itens que tiveram alta de preços incluem a batata-inglesa (18,13%), o tomate (17,60%), o açúcar refinado (13,74%) e cristal (13,64%), e o feijão-carioca (5,60%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.