Caixa sobe juros de financiamentos habitacionais pela segunda vez no ano

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com o reajuste, os juros sobem de 9,15% para 9,45% ao ano para quem não tem conta na CEF

Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal (CEF) informou hoje (16) que voltou a elevar os juros de financiamentos habitacionais contratados com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE), no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Os juros anuais para operações na modalidade subiram 0,3 ponto percentual. O SFH financia imóveis até R$ 750 mil.

Com o reajuste, os juros sobem de 9,15% para 9,45% ao ano para quem não tem conta na CEF. Para os correntistas, as taxas sobem de 9% para 9,3% ao ano. Os correntistas que recebem o salário pelo banco, servidores que também são correntistas e servidores que recebem salário pela Caixa subirá de 8,7% para 9%. Segundo o banco, as taxas valem para operações contratadas desde segunda-feira (13).

Leia também: HSBC lidera ranking de reclamações do Banco Central em março

Outra alteração foi o percentual máximo financiado, que caiu de 90% para 80% do valor do imóvel. Por meio de nota, a instituição disse que “mesmo com este ajuste, continuará oferecendo as melhores taxas do mercado”.A CEF destacou que a nova elevação reflete a alta das taxas básicas de juros.

Em sua última reunião, em março, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a Selic, taxa básica de juros da economia, em 0,5 ponto percentual. Atualmente, a Selic está em 12,75% ao ano. É asegunda vez este ano que a Caixa sobe os juros da habitação. Em janeiro, o banco anunciou o aumento das taxas do crédito habitacional também em função das elevações na Selic. O Banco Central retomou o ciclo de altas da taxa básica em outubro de 2014.

Veja também: 10 dicas para valorizar o seu imóvel

Contrate um home staging: profissional repagina a decoração para agradar o comprador. Foto: RossiFaça manutenção preventiva para evitar gastos maiores no futuro. Foto: Thinkstock/Getty ImagesNão descuide do seu jardim nem deixe ele virar matagal. Foto: DivulgaçãoPendências financeiras podem virar um entrave na hora de vender o imóvel. Foto: Thinkstock/Getty ImagesPiscina e churrasqueira valorizam? Depende do perfil do imóvel. Foto: DivulgaçãoPinte o imóvel com cores claras e sóbrias. Branco e tons pastel são os mais recomendados. Foto: Thinkstock/Getty ImagesNão descuide da fachada do imóvel, que causa a primeira impressão no interessado. Foto: Thinkstock/Getty ImagesMóveis planejados podem valorizar o imóveis, mas há risco se for muito personalizado. Foto: DivulgaçãoMantenha a documentação do imóvel em dia para facilitar a transação. Foto: Getty ImagesMantenha o imóvel limpo de organizado para causar boa impressão. Foto: Thinkstock/Getty Images


Leia tudo sobre: caixa econômicabancoscréditohabitaçãocasa própria

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas