Gasolina e diesel sobem a partir de hoje

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Alta de preço dos combustíveis é resultado do aumento de dois tributos, PIS e Cofins; nova taxa vai impactar em R$ 0,22 por litro de gasolina, segundo Ministério da Fazenda

Passam a valer a partir deste domingo (1º) as novas alíquotas da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e do Programa de Integração Social (PIS) sobre a gasolina e o óleo diesel. A alta dos tributos faz parte das medidas do ajuste fiscal anunciadas pela equipe econômica. O aumento dos dois impostos corresponderá a R$ 0,22 a mais em cada litro de gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel, conforme cálculos divulgados pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Gasolina pode ter aumento de R$ 0,22 por litro com o aumento dos tributos
Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Gasolina pode ter aumento de R$ 0,22 por litro com o aumento dos tributos

O aumento de PIS e Cofins terá validade até 1º de maio, quando volta a valer a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a gasolina e o óleo diesel.

Como a elevação dos tributos chegará às bombas de combustíveis, é de se esperar que haja um impacto na inflação. A Fazenda trabalha com essa hipótese. Tanto que na última quarta-feira (28), na divulgação do relatório da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), ficou claro que o Banco Central pretende apertar ainda mais o cinto por meio de ferramentas como o aumento da taxa básica de juros, a Selic.

Os preços dos combustíveis devem ter uma alta de 8% em 2015, segundo previsão do próprio BC. O governo fez uma conta maior que incluiu outros reajustes, como a previsão de reajuste de 27,6% nas tarifas de energia elétrica, de 3% no preço do gás de botijão, e de 0,6% nas tarifas de telefonia fixa . Com isso, a previsão de alta dos preços administrados e monitorados bateu em 9,3% para este ano.

Veja também: os produtos com maior incidência de tributos

1º lugar: a cachaça é o produto campeão de tributos: 81,87%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Marília Almeida/iG2º lugar: o casaco de pele de vison tem uma incidência de 81,86% de tributos; na foto, Kim Kardashian. Foto: Reprodução/Instagram3º lugar: sobre o peso da vodca há a incidência de 81.52% de tributos. Foto: Thinkstock/Getty Images4º lugar: os tributos para o cigarro chegam a 80,42%. Foto: Reuters5º lugar: o perfume importado tem no seu preço 78,43% de tributos. Foto: Divulgação6º lugar: no preço da caipirinha, 76,66% vão para os cofres públicos por meio da cobrança de tributos. Foto: Thinkstock/Getty Images7º lugar: jogos de videogame, como o Angry Birds, têm um total de 72,18% de tributos. Foto: Getty Images8º lugar: no valor total do Playstation, 72,18% correspondem a tributos . Foto: Reuters9º lugar: Arma de fogo tem uma incidência de 71,58% de tributos. Foto: BBC10º lugar: no caso dos perfumes nacionais, os tributos somam 69,13%. Foto: Divulgação11º lugar: maquiagem, com 69,047%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Divulgação12º lugar ficou com a moto: 64,65%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Divulgação13º lugar ficou com a chope: 62,20%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Thinkstock/Getty Images14º lugar ficou com a mesa de bilhar: 62,05%, segundo levantamento do IBPT. Foto: BBC15º lugar ficou com o charuto: 61,94%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Thinkstock/Getty Images16º lugar ficou com isqueiro descartável: 61,87%, segundo levantamento do IBPT. Foto: - Divulgação17º lugar ficou com o vermute: 61,85%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Divulgação18º lugar ficou com fogos de artifício: 61,56%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Reprodução23º lugar ficou com o espumante: 59,49%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Thinkstock Photos24º lugar ficou com o micro-ondas, o primeiro eletrodoméstico da lista com 59,37%, segundo IBPT. Foto: Reprodução25º lugar ficou com o tênis importado: 58,59%, segundo levantamento do IBPT. Foto: Divulgação




Leia tudo sobre: CidePISCofinsSelicCopomBanco Centralgasolinadieseletanol

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas