Entenda o que é pirâmide financeira

Por Vinícius Oliveira - iG São Paulo

Texto

Modelo de negócio não se sustenta, explica especialista em matemática financeira; infográfico mostra como o sistema funciona

A pirâmide financeira continua a atrair interessados em dinheiro fácil, mediante o mínimo esforço e em muito pouco tempo. Com o mesmo poder de sedução do velho golpe do bilhete premiado, atividades deste tipo guardam peculiaridades. Sua duração é limitada, o produto oferecido tem pouca relevância ou é oferecido fora de valor de mercado, a propaganda é feita por meio de grandes reuniões e treinamentos servem para impressionar potenciais interessados. “Quem deve ganhar são os primeiros e talvez uma meia dúzia vai tirar dos incautos”, diz José Vieira Dutra Sobrinho, professor de matemática financeira e vice-presidente da Ordem dos Economistas do Brasil.

Mas qual é a razão de a pirâmide não dar certo? “Esquema de pirâmide é sempre uma fraude e nunca dá certo”, afirma Dutra. “A tendência natural, à medida que a pirâmide caminha [sempre em projeção geométrica, por exemplo: 1, 2, 4, 8. 16], é que um número muito maior de pessoas vai perder alguma coisa porque a corrente sempre se rompe”, explica. Na opinião do professor, a falta de novos integrantes para sustentar os ganhos do topo é mais danosa que a inadimplência dos atuais participantes. “Tem algumas pirâmides que crescem e ficam quase do tamanho da população de uma cidade. É só crescer mais um pouco e vai ser devastador”, exemplifica.

A prática de pirâmide é enquadrada como um crime contra a economia popular tipificado no inciso IX, art. 2º, da Lei 1.521/51: "obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos ("bola de neve", "cadeias", "pichardismo" e quaisquer outros equivalentes)".

Histórico

Em plena crise de 2008, ruiu o esquema comandado pelo americano Bernard Madoff, que prometia rentabilidade muito acima do mercado. O megafraudador americano comandou por 16 anos uma pirâmide que, quando desmanchada, deixou ao menos US$ 65 bilhões em prejuízo para clientes espalhados pelo mundo todo.

Confira no infográfico como funciona uma pirâmide e qual a diferença em relação ao marketing multinível.



Leia tudo sobre: pirâmide financeirafraudeTelexfreeDinastiaMadoffBoi Gordo
Texto

notícias relacionadas