Smartphones serão mais da metade do mercado em 2014 no Brasil

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Afirmação foi feita pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, em evento da Telebrasil

Reuters

Marcello Casal JR/ABr
O ministro afirmou que a desoneração de PIS/Cofins ajudará a expandir a venda dos aparelhos

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse nesta quarta-feira (22) que o governo federal prevê que em 2014 mais de metade dos aparelhos de telefonia móvel habilitados no país sejam smartphones.

O ministro afirmou que a recente desoneração de PIS/Cofins sobre os celulares inteligentes, por exemplo, ajudará a expandir a venda dos aparelhos.

"No ano que vem, mais de 50% dos celulares habilitados serão smartphones", disse ele durante seminário promovido pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil).

Veja também: Internet cresce entre os mais pobres e cai entre os mais ricos, aponta IBGE

Bernardo disse ainda que o governo pretende conversar com governos estaduais sobre redução de alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre banda larga fixa.

"Estudos preliminares mostram que cobrar taxa menor de ICMS reduz preço do serviço e aumenta o número de clientes nos Estados. E esse aumento da base compensa o que se deixa de arrecadar", disse o ministro sem dar mais detalhes.

Leia tudo sobre: negóciosTelecomsmartphoneMETADE

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas