Airbus quer dobrar gastos de US$12 bilhões nos Estados Unidos

Segundo a companhia, aumento nos gastos vai resultar em uma fábrica planejada de US$600 milhões para montar aviões A-320

Reuters |

Reuters

A Airbus, que no ano passado pagou US$12 bilhões a fornecedores norte-americanos por peças e serviços necessários para a construção de aviões, vai dobrar seus gastos até 2020, na medida em que se prepara para construir uma nova fábrica em Mobile, Alabama.

O presidente de conselho da Airbus America Allan McArtor dirá em um encontro educacional em Los Angeles nesta sexta-feira que o aumento nos gastos vai resultar em uma fábrica planejada pela companhia de US$600 milhões para montar seus aviões A-320.

O sul da Califórnia deve ser o grande vencedor do investimento, devendo receber o dobro do US$1 bilhão que a companhia, parte da EADS, gasta na região.

"Los Angeles tem uma boa e talentosa base e há muita inovação acontecendo aqui," disse McArtor em uma entrevista.

Para receber o investimento, entretanto, o executivo da Airbus disse que o sul da Califórnia precisa se tornar mais competitivo com outros Estados e países através da melhora de suas instituições educacionais para revelar trabalhadores qualificados, engenheiros e outras demandas da indústria aeroespacial.

"Se não melhorarem o ambiente de negócios aqui, então a região vai perder para a Carolina do Sul, Texas, ou outros lugares", disse McArtor.

Leia tudo sobre: NEGOCIOSAEREASAIRBUSGASTOS

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG