Roca investe R$ 92 milhões em nova fábrica de louças sanitárias no Brasil

Investimento faz parte dos planos do grupo espanhol de consolidar presença em mercados com maiores oportunidades de negócios e compensar a queda em outros países

EFE |

EFE

O grupo espanhol Roca inaugurou uma nova fábrica de louças sanitárias no Brasil, com investimento de 35,5 milhões de euros (cerca de R$ 92 milhões), permitindo a criação de 150 novos postos de trabalho direto.

O investimento faz parte dos planos do grupo de consolidar sua posição de liderança nos mercados com maiores oportunidades de negócios e compensar a queda nos mercados tradicionais, como a Espanha, onde a crise se traduziu numa diminuição das vendas nos últimos anos.

O Brasil se transformou no ano passado no primeiro mercado do grupo em volume de vendas, superando a Espanha pela primeira vez, segundo informou a companhia em comunicado nesta quarta-feira.

A nova fábrica, localizada na cidade de Santa Luzia, em Minas Gerais, permitirá ampliar a capacidade de produção do complexo da empresa na localidade, a maior unidade produtiva do grupo no mundo, para 4,2 milhões de peças ao ano.

Com a ampliação, o complexo industrial da Roca na região, que conta com outra fábrica de louças sanitárias, terá uma superfície total de 71.200 metros quadrados.

Em pleno funcionamento, a nova fábrica permitirá aumentar em 15% a capacidade produtiva do grupo no Brasil, que poderá chegar a 12,8 milhões de peças por ano. No Brasil, a Roca conta com oito fábricas de produção própria e uma equipe com cerca de 3.200 empregados.

O grupo, de capital integralmente espanhol, é líder de mercado na Europa, América Latina, Índia e Rússia e tem uma forte presença na China e no restante da Ásia, Oriente Médio, Austrália e África.

Leia tudo sobre: BRASIL ECONOMIA (Correção)Roccaespanhainvestimentoslouçasbrasil

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG