Custo da construção em São Paulo sobe 0,07% em setembro

No acumulado de 2012, o CUB registra alta de 6,85%; nos últimos 12 meses encerrados em setembro, a variação ficou em 7%

Agência Estado |

Agência Estado

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção no Estado de São Paulo apresentou leve alta, de 0,07%, no mês de setembro em relação a agosto, atingindo o valor de R$ 1.020,52 por metro quadrado. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos do setor para a utilização nos reajustes dos contratos de obras. Em setembro, os custos com materiais subiram 0,24% ante agosto, ao passo que os custos com mão de obra registraram queda de 0,05%, e os administrativos (salários dos engenheiros) mostraram estabilidade na mesma base de comparação.

No acumulado de 2012, o CUB registra alta de 6,85%, com avanço de 9,62% nos custos com mão de obra, alta de 3,25% nos custos com materiais e acréscimo de 7,68% nos administrativos. Nos últimos 12 meses encerrados em setembro, a variação do CUB ficou em 7,00%.

No mês de setembro, quatro dos 41 insumos da construção pesquisados aumentaram acima do IGP-M do mês, que registrou alta de 0,97%. Entre os que tiveram os maiores reajustes no mês estão: locação de betoneira elétrica (1,58%), dobradiça em ferro polido (1,24%) e areia média lavada (1,23%).

Leia tudo sobre: ECONOMIAconstrução

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG